Japeri capacita merendeiras para combater princípio de incêndio

Merendeiras da rede de ensino municipal de Japeri participaram nesta segunda-feira (26) do curso de capacitação de Maneabilidade com Extintores de Incêndio e Emergência com GLP (gás de cozinha).

O treinamento foi realizado no auditório da Escola Municipal Bernardino de Melo, numa parceria entre a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, e o Projeto Social Jovens Brigadistas de Japeri, vinculado à Igreja União Cristã Missionária Santa Terezinha, com sede em Engenheiro Pedreira.

O objetivo do projeto foi capacitar cozinheiras, merendeiras e auxiliares de cozinha no combate a princípios de incêndio, instruindo as servidoras no uso correto de extintores portáteis de incêndio.

Para a secretária de Educação, Roberta Bailune (foto), o treinamento permite reforçar a qualificação dos profissionais que atuam na preparação da merenda escolar.

Dividido em duas etapas, teórica e prática, o curso abordou temas como conceito de fogo, classificação dos combustíveis, formas de propagação do fogo, métodos de extinção, classes de incêndio, tipos de extintores e forma de utilização.

Técnico em Segurança do Trabalho e responsável pelo curso, Aquino Vicente (foto) explicou que o curso é muito importante para as merendeiras que lidam em locais de trabalho propício a acidentes, principalmente no manuseio do óleo de cozinha e do botijão de gás.

“Enquanto menos tempos essas emergências forem sanadas, menos danos teremos com perda de patrimônio e também de vidas. Portanto, o treinamento visa capacitar as merendeiras para combater princípio de incêndio dentro do setor de trabalho”, informou Aquino Vicente, que é voluntário do projeto Jovens Brigadistas.

Ao final do treinamento, as merendeiras receberam certificado de conclusão do curso das mãos da secretária Roberta Bailune.

“Entendemos ser muito importante essa capacitação, levando em consideração o trabalho de risco das merendeiras, que, em qualquer acidente, em qualquer eventualidade, terão condições de se proteger. É uma capacitação realizada com técnicos voluntários, que estão nos ajudando e colaborando para que o nosso trabalho seja cada vez melhor. É também um momento muito importante para a Educação de Japeri, cuja meta é caminhar para avançar cada vez mais rumo a uma educação de qualidade e com segurança”, afirmou a secretária Bailune.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: