Governo do Rio apoia atendimento às vítimas das chuvas

O Governo do Estado está apoiando os atendimentos às vítimas das áreas mais afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro na noite de quarta-feira (6/2) e na madrugada desta quinta-feira (7/2). O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil do Estado atuaram durante todo o período e realizaram, até agora, 2.170 atendimentos. As equipes estão mobilizadas para atender a população até o estágio de normalidade.

Na manhã desta quinta-feira, o governador Wilson Witzel sobrevoou algumas regiões da cidade, como Rocinha, Vidigal, São Conrado e Barra de Guaratiba. Witzel elogiou a eficiência do Corpo de Bombeiros e colocou o Estado à disposição das prefeituras que precisem de ajuda. 

– Acompanhei o trabalho durante toda a madrugada. Nossos bravos homens e mulheres do Corpo de Bombeiros estão desde ontem à noite trabalhando nas ruas para auxiliar no resgate de vítimas e apoiando o trabalho da Defesa Civil do município do Rio. Hoje, as equipes estão trabalhando em número dobrado. Todo o Governo do Estado está mobilizado. Os nossos secretários ajudarão no que for preciso – afirmou o governador.
Representantes da Defesa Civil estão atuando em conjunto com as equipes da Prefeitura do Rio de Janeiro no Centro de Operações Rio para agilizar o atendimento às vítimas. O comandante do Corpo de Bombeiros e secretário de Defesa Civil do Estado, Roberto Robadey, orientou que os moradores acompanhem os alertas da Defesa Civil e busquem um local seguro em caso de desastres.
– É importante que os cidadãos fluminenses utilizem o SMS de alerta da Defesa Civil. Para receber os avisos de alerta da região em que vive, basta a pessoa enviar o número de seu CEP para o número 40199 – explicou Robadey.
Cadastro
Além das ações da Defesa Civil do Estado, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos está trabalhando em parceria com as prefeituras para atualizar o cadastro para o pagamento do aluguel social às famílias atingidas pelas chuvas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: