Governo do Estado entrega apartamentos na comunidade do Pavão-Pavãozinho

O governador Luiz Fernando Pezão entregou, nesta quinta-feira (20/9), 12 apartamentos na comunidade do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana. As novas unidades habitacionais beneficiam famílias que já residem na comunidade e foram retiradas de áreas de risco ou de locais onde foram realizadas obras de urbanização.

Com investimento de R$ 2 milhões, os apartamentos estão incluídos na fase II do PAC 1 (Programa de Aceleração do Crescimento). Outros 16 imóveis do condomínio Área de Reassentamento 5 (AR) – localizado na Rua Saint Roman – já haviam sido entregues em 2014.

– Estou muito feliz de estar aqui entregando esses apartamentos. É de um simbolismo muito forte, porque estamos concluindo uma obra importante para a comunidade. Na minha opinião, o Programa de Aceleração do Crescimento é uma das melhores iniciativas já lançadas, porque gera emprego e renda para toda a região. Além disso, há previsão de construir  2.790 moradias no Complexo do Alemão, em Manguinhos e no Jacarezinho por meio do programa Minha Casa Minha Vida. Já estamos fazendo os chamamentos públicos – anunciou o governador.

Nascido e criado na comunidade do Pavão-Pavãozinho, Henrique Carvalho Cardoso, de 37 anos, comemorou a entrega da chave do novo apartamento, que tem 42 metros quadrados e conta com dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

– É uma alegria imensa poder morar com dignidade com a minha família. Quero agradecer a todos os que trabalharam para que isso acontecesse – comemorou Henrique.

Melhorias no Pavão-Pavãozinho/Cantagalo

As comunidades Pavão-Pavãozinho/Cantagalo já receberam outras unidades habitacionais. Os imóveis foram divididos em Áreas de Reassentamentos 1 e 2 (ARs), e as unidades destinadas a famílias com renda média inferior a três salários mínimos. A AR-1, entregue em 2009, tem dois blocos e 56 apartamentos. Já a AR-2, inaugurada em 2010, tem 64 apartamentos, divididos em dois blocos. Moradores das comunidades também receberam, em 2014, 27 unidades do Casarão, antigo hotel abandonado, que foi totalmente reformado.

– Construir essas moradias nas comunidades garante que famílias passem a morar em locais seguros e com infraestrutura adequada – ressaltou o secretário estadual de Obras, José Iran Peixoto Júnior.

Foram realizadas ainda obras de infraestrutura nas comunidades, com a implantação de 5.350 metros de rede de esgotamento sanitário, 3.300 metros de rede de água potável e 1.100 metros de rede de drenagem pluvial, além da construção de uma galeria de drenagem da Rua Sá Ferreira, com uma extensão de 164 metros.

O PAC também realizou pavimentação de 4.500 metros quadrados de becos, vielas e escadarias; urbanização do Beco do Amor Perfeito, que liga a Rua Saint Roman à área do Casarão; e implantação de um reservatório de água com capacidade para 670 mil litros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *