Antônio Waldez
Governador de Amapá

Iniciou sua trajetória política em 1995 como Deputado Estadual, se candidatou a Prefeitura de Macapá em 1996 e chegou a disputar a eleição para governador, mas nas duas ocasiões, perdeu as eleições.

Camilo Sobreira
Governador do Ceará

Começou sua vida política no movimento estudantil, onde ocupou os cargos de Presidente do Centro Acadêmico de Agronomia e de Diretor do Diretório Central dos Estudantes na universidade em que estudou. Concorreu pela primeira vez a um cargo eletivo em 2000, quando tentou uma vaga na Prefeitura de Barbalha, mas não obteve a vitória.

Carlos Alberto Richa
Governador do Paraná

Como Deputado Estadual ficou conhecido como o autor da Lei 11.255/94 que estabeleceu o pagamento de indenizações às famílias de ex-presos políticos. Durante sua gestão como Prefeito de Curitiba realizou mais de sete mil obras na cidade e direcionou 70% do orçamento para os bairros mais carentes.

Confucio Aires
Licenciou-se do cargo de Deputado Federal para concorrer em 2004 à Prefeitura de Ariquemes, onde saiu vitorioso e ainda reeleito logo a seguir. Em 2010 renunciou o cargo de Prefeito para disputar a vaga de Governador, vencendo no segundo turno.
David Antonio
Governador da Amazônia
É o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (AL-AM), David Almeida (PSD), foi notificado na manhã desta terça-feira 09/05/2017, sobre a decisão que o coloca a frente do governo do Estado após a confirmação da cassação de José Melo (PROS), e do vice, Henrique Oliveira (SD), por compra de votos na campanha eleitoral de 2014, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última quinta-feira 04/05/2017.
Flavio Dino
Governador do Maranhão
É Presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino também é professor de Direito na Universidade Federal do Maranhão. Nascido na capital maranhese de São Luís em 1968, Flávio Dino de Castro e Costa iniciou sua vida política ainda na adolescência com participações em movimentos estudantis
Fernando Damata
Governador de Minas Gerias
Iniciou sua vida política participando de movimentos estudantis e sindicais na década de 70, chegando a ser preso durante a ditadura militar. Seu primeiro cargo político foi o de Secretário da Fazenda na capital mineira em 1993, exercido por três anos, até ser nomeado Secretário de Governo, Planejamento e Coordenação Geral da mesma cidade
Geraldo Jose Rodrigues
Governador de São Paulo
Deu início a sua carreira política ainda na adolescência filiado ao extinto MDB (Movimento Democrático Brasileiro), e teve como primeiro cargo eletivo o de Vereador da sua cidade natal em 1972. Quatro anos depois se candidatou a uma vaga na Prefeitura de Pindamonhangaba, onde acabou por vencer com uma diferença de apenas 67 votos.
Jose Renan
Governador de Alagoas
É filiado ao PMDB desde 2003, sua estreia em uma eleição foi em 2004, quando conseguiu ser eleito Prefeito da sua cidade natal com 6.256 votos válidos, o que significa pouco mais de 50%. Quatro anos depois foi reeleito, desta vez com 9.121 votos válidos, que equivale a 67,29%. Em 2010 foi eleito o Deputado Federal mais votado de Alagoas, com 140.180 votos válidos
José Pedro Gonçalves
Governador de Mato Grosso
Nasceu no ano de 1968 em Cuiabá, no Mato Grosso, João Pedro Gonçalves Taques é formado em Direito na Universidade de Taubaté, já exerceu o cargo de procurador da República, e ainda é professor de Direito Constitucional.
José Wellington Barroso
Governador do Piauí
Filiado ao PT desde 1985, iniciou sua vida política participando do movimento sindical através de importantes cargos em alguns sindicatos. Seu primeiro cargo eletivo foi o de Vereador de Teresina, alcançado em 1992
José Ivo Sartori
Governador do Rio Grande do Sul
Deixou o cargo de Prefeito com o recebimento de vários prêmios, em destaque o "Prêmio Prefeito Empreendedor" pelo SEBRAE, na categoria Destaque Temático Promoção do Desenvolvimento Rural e o "Prêmio Líderes e Vencedores" pela Federasul e pelo Parlamento Gaúcho na categoria Mérito Político.
João Raimundo Colombo
Governador de Santa Catarina
Durante sua gestão como Prefeito ficou conhecido pela criação do programa "Juro 0" que estabelece o empréstimo ao micro e pequeno empresários sem juros, além da melhora nos serviços de saneamento básico da cidade. Em 2008 recebeu o Prêmio Mérito Legislador do Instituto de Estudos Legislativos Brasileiro.
Jackson Barreto
Governador de Sergipe
É filiado inicialmente ao extinto MDB (Movimento Democrático Brasileiro), foi eleito em 1972 ao cargo de Vereador de Aracaju. Dois anos depois alcançou o cargo de Deputado Estadual e em 1978 se filiou ao PMDB, conseguindo ser eleito pela primeira vez Deputado Federal, sendo reeleito logo em seguida.
Luiz Fernando de Souza
Governador do Rio de Janeiro
Nasceu em 1955 no município de Piraí, no Rio de Janeiro, Luiz Fernando de Souza, mais conhecido como Pezão, é graduado em Economia e Administração de Empresas pela Universidade Estácio de Sá e iniciou sua carreira política na cidade natal, quando foi eleito Vereador ainda na década de 80. Em 1996 foi eleito Prefeito da mesma cidade, sendo reeleito por mais um mandato consecutivo, desta vez com 86,06% dos votos válidos
Marconi Ferreira
Governador de Goiás
Exerceu seu primeiro cargo eletivo em 1990, quando foi eleito Deputado Estadual. Quatro anos depois mudou para o extinto Partido Popular e foi eleito Deputado Federal, filiando-se no ano seguinte para seu atual partido. Em 2006 foi eleito Senador com 75,82% dos votos válidos, alcançando uma votação histórica no seu Estado natal.
Maria Suely Silva
Governadora de Roraima
Suely Campos foi eleita a Governadora de Roraima pelo Partido Progressista e foi eleita. Obteve 100.973 votos (41.48%). ELEITO 2º TURNO. Graduada em Letras pela Universidade Federal de Roraima, é casada com o político e ex-governador Neudo Campos e mãe de quatro filhos.
Marcelo de Carvalho
Governador de Tocantins
Em 2002 alcançou o cargo de Governador do Tocantins, quando ainda era filiado ao PFL, quatro anos depois foi reeleito já pelo atual partido. Em 2010 foi eleito Senador do Tocantins com 340.931 votos válidos, mas teve seu diploma negado baseado na Lei Ficha Limpa.
Paulo Cesar
Governador do Espirito Santo
Foi eleito ao cargo de Governador do Espírito Santo pelo PMDB. Nasceu em 1957 no município de Guaçuí, no Espírito Santo, é formado em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo e deu início a sua vida política ainda como estudante, participando no movimento estudantil.
Paulo Henrique Saraiva
Governador de Pernambuco
É também auditor das Contas Públicas do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, apesar de estar filiado no PSB somente desde outubro de 2013, está desde muito tempo ligado à política. Assumiu em 2007 a Secretaria de Administração permanecendo no cargo até 2010, quando passou para a Secretaria de Turismo, onde ficou até dezembro de 2010, e logo no mês seguinte assumiu o cargo de Secretário da Fazenda
Rui Costa
Governador da Bahia
Fez parte da introdução e construção do PT na Bahia, partido no qual é filiado desde 1982. Em 2000 foi eleito Vereador de Salvador pela primeira vez, sendo reeleito logo em seguida. Em 2007 foi nomeado Secretário de Relações Institucionais durante a gestão de Jaques Wagner. Em 2010 alcançou uma vaga na Câmara dos Deputados e dois anos depois assumiu o cargo de Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia no segundo mandato de Jaques Wagner
Rodrigo Sobral
Governador do Distrito Federal
Em 2006 é nomeado Secretário de Inclusão Digital do Ministério da Ciência e Tecnologia durante o governo do ex-presidente Lula e no mesmo ano foi reeleito ao cargo de Deputado Distrital. Durante os mandatos como deputado foi o autor do Projeto Orla, que visa a aprimorar ocupação do Lago Paranoá com instalações de pólos culturais. Participou da articulação para aprovação da Lei da Transparência que obriga a União, os estados e municípios a divulgarem todos os seus gastos na internet em tempo real.
Reinaldo Azambuja
Governador do Mato Grosso do Sul
Seu primeiro cargo eletivo foi alcançado em 1996, como Prefeito de Maracaju, sendo reeleito logo em seguida por mais um mandato. Em 2006 foi eleito Deputado Estadual e quatro anos depois foi eleito Deputado Federal. Como Prefeito de Maracaju, Azambuja ficou conhecido por ter melhorado a economia da cidade, que passou da 12ª da a 5ª colocação no Estado. Foi também durante a sua gestão que Maracaju teve 100% das suas ruas asfaltadas.
Ricardo Vieira
Governador do Pará
Em sua trajetória como prefeito, recebeu diversos prêmios, entre eles, o Prêmio “10 Melhores Práticas de Gestão para o Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe”, recebido em 2007, através da Fundação Habitat, com sede na Colômbia, em virtude da redução do consumo de água nos órgãos municipais.
Robinson Mesquita
Governador do Rio Grande do Norte
Iniciou a carreira política em 1986 quando foi eleito o deputado mais jovem do Rio Grande do Norte. Com 54 anos, Robinson Faria nasceu em Natal e é formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Sebastião Afonso
Governador do Acre
Iniciou sua vida política ainda como universitário participando no movimento estudantil, e disputou pela primeira vez um cargo público em 1994, quando foi candidato a Governador do Acre terminando em 3º lugar. Quatro anos depois conseguiu ser eleito Senador e reeleito na eleição seguinte.
Simão Robison
Governador do Pará
É filho de imigrante libanês, Simão Robson Oliveira Jatene, nasceu em 1949 em Belém, capital do Pará. Formado em Economia pela Universidade Federal do Pará, também tem mestrado pela Universidade Estadual de Campinas, e antes de entrar para a política, trabalhou como diretor musical e servidor público estadual