Filho de Flordelis é levado para DP após celular ser achado em caixa de pizza

Telefone encontrado pode desvendar o assassinato do pastor.

Polícia Civil fez buscas e apreendeu bens em endereços ligados à deputada federal durante ação que apura morte do pastor Anderson do Carmo

A Polícia Civil fez buscas e apreendeu bens em endereços ligados à deputada federal Flordelis, neste sábado (30), na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A ação ocorreu em desdobramento às investigações sobre a morte do marido da parlamentar, o pastor Anderson do Carmo.

Polícia esteve no Ministério Flordelis, em São Gonçalo

Agentes da DHNSIM (Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá) estiveram na casa do chefe de gabinete de Flordelis, em Camboinhas, Niterói.

Resultado de imagem para pastor anderson

No local, os policiais civis encontraram um dos filhos de Flordelis. Os agentes pediram para ele entregar celular, mas o homem disse que não estava com o aparelho. Os policiais ligaram para o telefone, que foi localizado dentro de uma caixa de pizza. Em razão do ocorrido, o filho da deputada federal foi conduzido até a DHNSG para prestar esclarecimentos.

A polícia também esteve hoje no Ministério Flordelis, no Mutondo, em São Gonçalo, na mesma região.

A reportagem tenta contato com a defesa dos citados. O espaço está aberto para manifestação.

Anderson do Carmo

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado na porta de casa em junho de 2019. Após o crime, dois filhos da deputada Flordelis foram presos por participação no assassinato. Lucas dos Santos e Flávio dos Santos já respondem na Justiça por homicídio qualificado.

No entanto, a delegada Barbara Lomba, coordenadora da DHNSIM, instaurou uma segunda fase do inquérito para apurar o mandante e a motivação do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito