Feira dominical volta a funcionar com fiscalização em Queimados

Ação conjunta entre as Secretarias de Saúde, Segurança e Ordem Pública e Vigilância Sanitária garantiram cumprimento de regras impostas pela Prefeitura

A famosa e tradicional Feira Livre – que acontece semanalmente na rua Professor Avelino Xanxão, em Queimados – voltou a funcionar na manhã deste domingo (05). E para garantir que as regras de higiene e distanciamento estabelecidas pela Prefeitura  fossem cumpridas, agentes da Vigilância Sanitária e das Secretarias Municipais de Saúde e Segurança e Ordem Pública percorreram toda a extensão da feira distribuindo máscaras de proteção para a população e orientando os feirantes quanto às recomendações a serem seguidas. 

Segundo o decreto, os clientes que desejam comprar produtos alimentícios não podem executar o autosserviço, cabendo ao dono da barraca entregar o produto escolhido diretamente ao cliente sem que o mesmo tenha contato com o alimento. Outra medida é o uso obrigatório da máscara para feirantes e clientes. Além disso, o consumo de alimentos no local segue vedado, sendo assim, o consumidor deve comprar o produto para levar para casa. 

Para o Secretário de Saúde, Elton Teixeira, as medidas são fundamentais para garantir a segurança da população durante a pandemia de Covid-19. “Estamos fazendo um trabalho de orientação aos feirantes e aos frequentadores da feira, para que as regras de segurança estabelecidas sejam cumpridas e esse trabalho é fundamental. A feira é um patrimônio cultural do povo queimadense e precisamos torná-la o mais segura possível para que os feirantes retomem seus trabalhos de forma segura e sem riscos de contaminação pelo vírus”, explicou o gestor. 

Feirantes comemoram retorno 

Comerciante da Feira Livre há 6 anos, Henrique aprova a retomada das atividades. “Vendo frutas e legumes aqui já faz tempo. Nós que somos comerciantes dependemos da feira para levar o sustento pra casa. Depois que fiquei sabendo que os clientes não poderiam pegar nos produtos, optei por já trazê-los embalados, assim fica mais seguro pra mim e pra eles”, comentou o feirante.

Para o Secretário de Segurança e Ordem Pública, Enéas Costa, é preciso que todos obedeçam às recomendações para que a retomada da feira se dê de forma tranquila. “O meio de sustento desses profissionais que aqui estão é a feira E, por conta da pandemia, ficaram um tempo sem poder trabalhar. Uma das condições para que a feira retornasse foi o cumprimento das regras de segurança estabelecidas. Torcemos para que tudo dê certo e contamos com a colaboração da população, para que não haja o retrocesso da permissão de funcionamento da feira. Entendemos que neste momento todos precisam trabalhar porém, o coronavírus ainda é uma triste realidade no Brasil e no mundo inteiro, por isso, não podemos relaxar nos cuidados a serem tomados quanto ao vírus”, comentou o gestor.

Além de funcionar com horário reduzido (até às 12h), ainda estão proibidos shows e eventos que contribuam para a aglomeração de pessoas, sejam eles de quaisquer natureza. Enquanto a pandemia não acabar, os agentes da prefeitura realizarão fiscalizações e orientarão a população em todos os domingos em que a feira funcionar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito