Estabelecimentos estão proibidos de cobrar a mais em venda de peça ou pedaço de carne e frios

Uma nova lei proíbe que açougues, mercados, supermercados ou qualquer estabelecimento da cidade do Rio cobrem valores diferentes na venda de peça ou pedaço do mesmo produto ou marca. A lei de número 6796, criada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara de Vereadores do Rio, entrou em vigor nesta quarta (4).

Caso haja o descumprimento da medida, o estabelecimento será penalizado de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor. Todo o valor arrecado com as multas será revertido para o Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (FUMDC).

No decreto, ficam de fora as carnes moídas industrializadas que passaram pela vistoria dos órgãos competentes e que estejam com selos e certificados de qualidade em suas embalagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito