Empresários e poder público darão início ao projeto executivo de requalificação da Rua Paulo Barbosa, em Petrópolis

Calçadas mais largas, piso tátil e urbanismo são alguns dos pontos do projeto de Requalificação da Rua Paulo Barbosa, criado pelo Departamento de Urbanismo da Prefeitura com o auxilio técnico de representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e CPTrans. O projeto foi apresentado nessa terça-feira (21.08) pelo Grupo de Trabalho que foi criado para discutir o assunto – formado por representantes do poder público e empresários. Agora, será formulado o projeto executivo, com o detalhamento dos valores das intervenções.

Vale salientar que a requalificação da Rua Paulo Barbosa será feita através de uma Parceria Público Privada (PPP), ou seja, as intervenções deverão ser feitas por blocos, de acordo com a contrapartida do empresariado local.

O projeto está bem avançado. A prefeitura contará com a parceria do empresariado local porque o poder público infelizmente não tem como arcar com tudo sozinho. A intenção é de transformar a rua em um espaço ainda mais acolhedor para a população e que atraia cada vez mais compradores para os estabelecimentos comerciais.

Após a finalização do projeto executivo, as demandas serão apresentadas em uma audiência pública para os moradores e demais empresários da região. “Todo o conceito foi muito bem estudado e estabelecido para que atenda a população da melhor forma. Já estivemos reunidos com as concessionárias prestadoras de serviço e estamos esperando a devolutiva de cada uma delas sobre o que será necessário fazer para atender as demandas deles também”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Além do alargamento das calçadas, a sinalização é um dos pontos fortes da iniciativa. “A via é considerada perigosa com relação aos acidentes de trânsito e, por isso, a própria urbanização das calçadas levará os pedestres para as faixas de trânsito. Ficará mais acolhedora e agradável”, contou Layla Talin, responsável pelo DEPUR.

 “O projeto não muda as características da rua. O que se pretende é uma requalificação, organizando o espaço e oferecendo mais conforto para a população”, disse Roberto Rizzo, responsável pela Coordenadoria de Ações Estratégicas.

O GT voltará a se reunir em setembro para apresentar o andamento do projeto executivo. As revitalizações da rodoviária e da Travessa Prudente Aguiar serão discutidas separadamente.

”O processo está caminhando muito bem. O projeto está muito interessante, todos estão colaborando e acredito que as mudanças serão positivas para todos”, disse o arquiteto e empresário Rodrigo Simão, que sinaliza em participar da PPP.

Da esfera pública, fazem parte do GT o prefeito, a Secretario de Obras, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica e a CPTrans. Representando os proprietários de imóveis e lojistas estão José Claudio Macedo Fernandes, Jorge Simão, Rodrigo Simão, Daniel Blanc, Bruno Vieira e Denise Guedini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito