Drones viram armas na mão de traficantes

Com o avanço e a popularização dos drones, a guerra do Rio chegou aos céus. E a tecnologia virou arma nas mãos dos bandidos para monitorar os passos da polícia e de facções rivais. São os novos “olheiros” do tráfico em favelas conflagradas como a Serrinha e Vigário Geral.

Para o bem, no entanto, eles têm se tornado aliados indispensáveis de agentes públicos e privados de segurança. Nessa corrida, quem fica para trás são as polícias Civil e Militar fluminenses, sem investimentos na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: