Dobradinha que dá certo: Benítez tem participação em um de cada três gols de Cano no Vasco

Que Cano é justamente tratado pelo Vasco como “La Máquina de Gols” todo mundo sabe, porém o centroavante é mais letal ainda com o amigo e compatriota Martín Benítez ao lado. Em 2020, o meia participou de sete dos 21 gols do camisa 14. Ou seja, de cada três anotados por Cano, um deles passa pelos pés de Benítez. Essas informações são fruto da apuração do Espião Estatístico.

Duas assistências e cinco participações indiretas

De volta oficialmente à Colina desde a terça-feira, Benítez deu duas assistências e participou indiretamente de outros cinco gols de Cano no Vasco (batendo escanteio para assistência de Talles Magno e gol do Cano, cruzando para Cano finalizar e marcar no rebote, iniciando contra-ataque para assistência do Andrey e gol do Cano, um desarme para passar para o Andrey dar outra assistência para Cano, além de bater falta rasteira para Léo Gil cruzar para gol do Cano).

Cano tem 41 jogos em 2020 (3832 minutos em campo, todos como titular), 21 gols marcados e uma assistência. Ele marca um a cada 182 minutos.

No Brasileirão, o camisa 14 finalizou 51 vezes e fez 11 gols. Precisou de 4,6 arremates para marcar um gol. Participou diretamente de 48,9% dos gols do Vasco na temporada 2020/21.

Cano e Benítez - Vasco x Athletico — Foto: André Durão

Influência de Benítez no futebol de Cano no Brasileiro

Das 51 finalizações de Cano no Campeonato Brasileiro, sete vieram de um passe direto de Benítez. Destas, uma virou gol, quatro exigiram defesa do goleiro, sendo duas difíceis, e duas foram pra fora.

Se contarmos também as participações indiretas de Benítez nas finalizações do Cano, esse número melhora.

O centroavante finalizou 14 vezes com participação indireta do meia na jogada, com os seguintes resultados: seis gols, seis exigiram defesa do goleiro (sendo 2 difíceis) e 2 foram pra fora.

Em mais: destas 14 conclusões de Cano com participação de Benítez, seis viraram gol, o que equivale a 42,8% ou um gol a cada 2,3 arremates. Logo, quando Benítez participou da jogada, o atacante Cano melhorou a pontaria no Brasileirão.

Ainda não se sabe se a dupla voltará a jogar junta já no próximo sábado, contra o Coritiba, às 21h, em São Januário. Benítez ainda está passando por recondicionamento físico, já que não joga há um mês. Vontade do camisa 10 e da comissão técnica de tê-lo em campo, porém, não falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito