Dirigentes do Flamengo vão a Madri para reunião com Filipe Luís

Novela com começo e fim escritos na capital espanhola. Assim será o desfecho da negociação envolvendo o Flamengo e Filipe Luís. Na Europa para segunda etapa do “mochilão” que já mandou para o Brasil Pablo Marí e Gérson, Marcos Braz e Bruno Spindel estão a caminho de Madri para mais um encontro com o lateral-esquerdo. Desta vez, para, enfim, uma resposta definitiva.

O vice-presidente de futebol e o diretor executivo seguem para Espanha após rápida passagem pela Inglaterra, e a reunião com Filipe Luís acontecerá quarta ou quinta-feira. A proposta já está nas mãos do jogador, foi apresentada pela própria dupla de dirigentes em encontro também em Madri em maio, e tem os mesmos moldes do acerto por Rafinha. O encontro agora é pelo “sim” a tempo de inscrevê-lo na disputa da Taça Libertadores da América (o Flamengo pode trocar até cinco nomes na relação de 30 até o fim da segunda-feira).

Após início das férias no Brasil, o lateral da seleção brasileira campeã da Copa América voltou para Espanha com o objetivo de resolver questões pessoais e o futuro da carreira. A tendência é de que escute o Atlético de Madri pela última vez para saber dos planos para seu futuro, uma vez que o contrato foi encerrado no último dia 30 de junho, e possa posicionar-se ao Flamengo.

Na Europa há 15 temporadas, Filipe Luís já deixou claro que a dúvida está basicamente entre retornar ou não ao futebol brasileiro. Caso seja esta a decisão, o Flamengo, seu clube de coração, é a única opção. Já fora dos planos do Barcelona, clube onde foi especulado, o jogador depende basicamente de uma sinalização do Atlético, onde atuou por oito temporadas, para definir o futuro. Os Colchoneros, por sua vez, já contrataram o brasileiro Renan Lodi, ex-Athletico-PR, para a posição.

Filipe Luís é a única opção do Flamengo para a lateral esquerda. Em caso de resposta negativa, Jorge Jesus terá Renê e Trauco como opções até o fim da temporada. Outra posição que o Rubro-Negro ainda projeta se reforçar no mercado é a de atacante. Marcos Braz e Bruno Spindel também buscam opções na Europa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito
%d blogueiros gostam disto: