Diretor-executivo do Hospital Alberto Torres é morto em Niterói

O diretor-executivo do Hospital Alberto Torres foi morto em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, na noite de domingo (4). De acordo com testemunhas, ele foi vítima de uma tentativa de assalto.

José Dídimo do Espírito Santo, tinha 59 anos, era policial federal aposentado e foi baleado após trocar tiros com os bandidos na Rodovia Amaral Peixoto.

Ainda segundo testemunhas, quatro homens armados em um carro fecharam o veículo do diretor, desceram apontando as armas, ele reagiu e acabou morto.

Os criminosos fugiram sem levar nada.

Os bombeiros foram chamados, mas José Dídimo já estava morto.

José Dídimo do Espírito Santo — Foto: Reprodução

Um outro carro acabou batendo na traseira do veículo da vítima quando a pista foi fechada pelos criminosos.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra policiais militares interditando parte da via na altura da Favela do Caramujo após o tiroteio.

A Polícia Civil investiga o caso e tenta identificar os criminosos. Uma perícia foi feita no local do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito