Dinamite, Carlos Germano e Sorato conhecem banner gigante em São Januário e agradecem homenagem

Sexta-feira, três ídolos cruz-maltinos tiveram a oportunidade de conhecer o banner gigante que o clube instalou em São Januário como parte das comemorações de 120 do Vasco. Roberto Dinamite, Carlos Germano e Sorato viram suas fotografias exibidas e recordaram momentos inesquecíveis também pelos torcedores.

No encontro, os ex-atletas relembraram histórias dos bastidores de quando Dinamite já eram um artilheiro consagrado e Germano e Sorato davam nos primeiros passos no futebol profissional ne metade da década de 80.

Dinamite agradeceu a homenagem do Vasco aos seus ídolos. Ele acredita que cada vez que os torcedores chegaram ao estádio e olharem para aqueles jogadores, uma chama se acenderá dentro de cada um.

– Esse gesto não tem preço. É uma forma de mostrar a história do Vasco e o que representa. Esses jogadores estão simbolizando a história do clube. Ao presidente Campello fica o reconhecimento, não só em meu nome mas de outros atletas. Parabéns, foi nota 10. O Vasco está acima de todos nós. Precisamos acender essa chama dentro de cada um de nós – disse Roberto Dinamite.

Os três, todos campeões do Brasileiro pelo Vasco, entre outros títulos, ficaram como crianças olhando para o alto contemplando as fotos e lembrando dos momentos de glória.

– Ficou muito maneiro – disse Sorato, sem desviar o olhar.

– É um sonho de moleque, né – completou Carlos Germano.

Sorato, autor do gol do título do Brasileiro de 89 contra o São Paulo, disse ser um privilégio ser escolhido para o banner e escrever mais um capítulo de sua história no clube.

– Sem palavras por essa homenagem. A gente recorda de vários momentos. Fazer parte da história de um clube como o Vasco é um privilégio. Só tenho a agradecer. Vou ser eternamente grato ao clube e aos torcedores – disse o ex-atacante.

Além dos três, fazem parte do banner Ademir de Menezes, Geovani, Bellini, Barbosa, Romário, Edmundo, Mauro Galvão, Felipe, Juninho Pernambucano, Pedrinho, Vavá, Acácio, Valdir Bigode e Donizete Pantera. Carlos Germano, campeão brasileiro e da Libertadores, também se empolgou bastante com a homenagem.

– Nós viemos da base do clube, assim como a maioria que está no banner. Vivemos uma vida aqui dentro. Agradeço ao Campello, aos torcedores e ao Vasco por essa iniciativa. É um cartão de visita maravilhoso para São Januário, a história do nosso clube está aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *