Dia D de vacinação contra a gripe em Queimados foi movimentado

Campanha Nacional da vacinação contra a Influenza foi um sucesso neste sábado (4). A Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizou 18 unidades de saúde e dois pontos móveis – um na Praça Nossa Senhora da Conceição, Centro, e outro no CEU Planeta Futuro, no São Roque – para atendimento à população das 8h às 17h. A meta do governo municipal é imunizar 34 mil pessoas até o dia 31 de maio, quando será encerrada a ação.

Quem não conseguiu comparecer ao evento deste sábado, pode procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência. Para receber a vacina é necessário apresentar documento de identificação com foto, cartão de vacinação e fazer parte do público alvo determinado pelo Ministério da Saúde: crianças (de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, pessoas com mais de 60 anos, trabalhadores da área da saúde, mulheres com até 45 dias após o parto, portadores de doenças crônicas, professores e jovens de 12 a 21 anos que exercem medidas socioeducativas. O imunizante é contraindicado para pessoas alérgicas a ovo, com quadro de febre aguda ou Síndrome de Guillian-Berré.

O prefeito Carlos Vilela garantiu presença e aproveitou para tomar a vacina na Praça N. Sª. da Conceição. “Eu sei da importância de se imunizar contra a gripe e estou aqui não apenas como prefeito, mas como morador de Queimados que necessita da vacinação”, conta o gestor.

Já a mãe do pequeno Arthur Marinho, de 4 anos, a educadora social Aniele Marinho, aproveitou a folga para levar o filho para vacinar. “Muitos pais têm medo de vacinar os filhos por conta de coisas que ouvem de outras pessoas, mas eu sei da importância de participar destas campanhas e manter o calendário em dia. Aproveitei meu momento de folga para vacinar meu menino e não ter problemas no futuro”, afirma a moradora do bairro Vila Avante.

A secretária da pasta, Drª Livia Guedes, falou sobre a importância de se vacinar todos os anos. “Com as campanhas podemos fazer medicina preventiva, evitado as possíveis doenças que acometem o grupo preconizado pelo Ministério da Saúde. Por isso eles devem se vacinar, mesmo tendo se protegido no ano passado”, explicou.

A gripe (Influenza) é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus da influenza, com grande potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Normalmente, tem evolução por tempo limitado, durando de um a quatro dias, mas pode se apresentar forma grave. A vacina disponibilizada pelo governo federal é trivalente e previne a contaminação pelos vírus A/H1N1, A/H3N2 e influenza B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: