Corpo do apresentador e deputado Wagner Montes está sendo velado na Alerj

O corpo do apresentador e deputado estadual Wagner Montes (PRB/RJ) está sendo velado no saguão do Palácio Tiradentes, sede da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), no centro do Rio de Janeiro

Segundo informações da assessoria da Casa, o velório foi neste sábado aberto ao público até as 22h, e será reaberto no domingo (27), das 8h às 13h. Em seguida, o corpo de Wagner Montes será levado ao crematório do cemitério do Caju, na zona portuária, onde haverá uma cerimônia de despedida fechada para a família e amigos próximos.

Wagner Montes faleceu aos 64 anos em um hospital particular na zona oeste do Rio de Janeiro por volta das 11h30. Segundo a unidade, a causa da morte foi choque séptico e sepse abdominal. O parlamentar estava internado há semanas e, desde 2017, enfrentava uma série de problemas de saúde.

Trajetória

Criado no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Wagner Montes conciliou a política com sua carreira como apresentador de rádio e TV. Foram mais de 44 anos no comando de atrações que chegaram a ser exibidas em cerca de 150 países. Sua estreia como jornalista ocorreu em 1974, na Rádio Tupi. Na televisão, esteve à frente de diversos programas como “Aqui e Agora”, da Tupi, e “O Povo na TV”, da emissora SBT, onde também atuou como jurado do “Show de Calouros”. Em 2003, mudou para a Record TV onde comandou o “Verdade do Povo”, “RJ no Ar”, “Balanço Geral” e “Cidade Alerta – Rio de Janeiro”.

Formado em Direito, Wagner Montes foi eleito em 2006 com a expressiva votação de 111.802 votos, consequência de sua grande popularidade e carisma. Foi o deputado estadual mais votado na cidade do Rio de Janeiro.

Em 2010, com 528.628 votos, se destacou como o deputado estadual mais votado da história política do Estado do Rio de Janeiro, principalmente, pela atuação parlamentar, principalmente, nas áreas de Segurança Pública, Saúde e Educação atendeu aos anseios da população fluminense. Por quatro anos, Wagner Montes o cargo de 1º Secretario da Mesa Diretora da Alerj.

Na eleição de 2014, Wagner Montes recebeu 208.814 votos e foi o segundo deputado estadual mais votado do Rio de Janeiro. Recentemente, foi eleito para ocupar o cargo de 1º Vice-Presidente da Mesa Diretora e chegou a presidir a Alerj em diversos momentos. Em 2018, o parlamentar foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro com 65.868 votos para um mandato que iria até 2022.

O apresentador do Balanço Geral RJ e deputado estadual (PRB/RJ) Wagner Montes morreu neste sábado (26), aos 64 anos. Com seu jeito irreverente, deixou sua marca na história da televisão brasileira. 

Formado em direito pela Universidade Gama Filha, Montes começou a carreira como repórter policial na rádio Tupi, no Rio de Janeeiro. Montes fez sucesso como apresentador do Aqui e Agora, e acabou sendo contratado por Silvio Santos para aquela que seria o embrião do SBT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: