Comperj Itaboraí anuncia paralisação parcial de suas atividades

No início do mês de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia por coronavírus. Desde então, ações extremas estão sendo tomadas em vários países.

No Brasil, o Governo Estadual do Rio de Janeiro decretou o fechamento de diversos tipos de estabelecimentos em todo o território, entre outras intervenções. Seguindo o exemplo, a Prefeitura de Itaboraí paralisou as aulas em todas as escolas municipais e, logo após, tendo em vista a situação do COVID-19, emitiu o decreto n°35, que dispõe sobre o fechamento de bares, restaurantes, shoppings centers, diversos centros e estabelecimentos comerciais, reuniões religiosas e todos os lugares em que pode haver aglomeração de pessoas, para frear o crescimento dos casos de coronavírus no país.Resultado de imagem para Comperj Itaboraí

Com isso, visando a saúde, bem-estar e segurança dos cidadãos, o Comperj (Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro), terá uma paralisação parcial de 70% em suas atividades, durante essa pandemia. Essa ação tem o intuito de diminuir o risco de contágio entre colaboradores e moradores.

O prefeito de Itaboraí e presidente do Conleste, Dr. Sadinoel Souza falou sobre essa medida e fez um apelo à população. “Anunciamos mais uma medida a ser tomada, para o bem dos munícipes. O Comperj terá 70% de suas atividades paralisadas. Esse era um constante questionamento da população, preocupada com entes queridos e com a situação da Saúde, em nosso município. Tomaremos as medidas que forem necessárias para nos protegermos desse vírus. E mais uma vez peço a população que tome cuidado, fique em casa e só saia em casos de extrema necessidade”, expressou o chefe do Executivo.

O secretário municipal de Saúde, Júlio César Ambrósio destacou que o objetivo da medida é conter o avanço desordenado do Covid-19. “Nossa preocupação é garantir a saúde dos trabalhadores e de seus familiares”, afirmou o secretário.

Vale ressaltar que as empresas do Comperj tem o prazo de 48h para comunicarem a medida a seus funcionários e se adequarem a nova situação. O prazo passou a valer na última segunda-feira (23/03).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito