Comissão de Minas e Energia realiza audiência pública para debater produção e distribuição do Gás Natural no estado do Rio de Janeiro

Deputados irão avaliar contratos das concessionárias de distribuição de gás e irão propor contrapartidas na área científica e tecnológica no ato da renovação

Estabelecer uma análise detalhada da produção e distribuição do gás natural no Estado do Rio de Janeiro. É com este objetivo que a Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa (Alerj) irá promover, na próxima quinta-feira (21), sua primeira audiência pública após o início da nova legislatura. O encontro acontece a partir das 11h, no auditório senador Nelson Carneiro, localizado no prédio anexo ao Palácio Tiradentes. A entrada é livre.

Entre os convidados para participar da audiência, estão as concessionárias de distribuição de gás: CEG e CEG Rio (atual Naturgy), a Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa),  a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Petrobrás, além de órgãos do governo e da sociedade civil.  Ao longo do ano, outras matrizes energéticas entrarão em pauta na comissão, com a seguinte ordem: gás, petróleo, energia elétrica, nuclear e renováveis.

“Vamos tratar neste primeiro momento da geração e distribuição de gás natural. Entender o tamanho da sua produção e avaliar a qualidade do serviço prestado pelas concessionárias. Tem contratos que estão prestes a vencer e precisamos garantir uma contrapartida para o estado. Nossa proposta inicial é de que determinado percentual, ainda a ser definido, seja destinado a investimentos em tecnologia e inovação”, adiantou o deputado Max Lemos (MDB),  presidente da Comissão de Minas e Energia.

SERVIÇO:

Assunto: Audiência Pública da Comissão de Minas e Energia

Tema: Análise da situação atual e futura da produção e distribuição de gás natural no âmbito do Estado do Rio de Janeiro

Data: 21 de março – quinta-feira

Horário: a partir das 11h

Local: Auditório Nelson Carneiro – Rua Dom Manuel, s/nº, 6º andar –

Centro. (Anexo ao Palácio Tiradentes)

Entrada: livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: