Câmara municipal de Queimados realiza sessão extraordinária nesta sexta

A Câmara Municipal de Queimados irá realizar uma sessão extraordinária nesta sexta (27). A sessão será aberta somente à imprensa. Um dos objetivos principais é criar um gabinete de crise para acompanhar de perto o decreto baixado pelo prefeito Carlos Vilela que determina o fechamento de todo o comércio que não seja essencial, no entanto, os vereadores entendem que algumas lojas como as que comercializam materiais de construção e oficinas mecânicas devam entrar na lista dos essenciais.

O presidente da Câmara Municipal Prof. Nilton Moreira (MDB) destaca a importância deste tipo de comércio para os cidadãos e para os serviços essenciais. “Se quebrar um carro ou um reparo urgente de um cano de água ou esgoto em uma residência ou próprio setor da saúde, como farão para consertar estas coisas com tudo fechado, Temos que ter bom senso”, relatou.

Câmara municipal de Queimados realiza sessão extraordinária nesta sextaOs vereadores também estão preocupados com a alta dos preços que estão sendo praticados no comércio essencial. “Sabemos que não podemos legislar sobre isto, mas vamos montar um relatório e encaminhar ao Procon e se não resolverem vamos levar ao Ministério Público. Numa situação destas, é lamentável que o comércio aumente os preços. As pessoas não têm condições de comprar nem pelo preço antigo, quanto mais com esta alta”, alertou o presidente.

Cidadãos reclamam que produtos essenciais estão o dobro do preço. “Paguei quase R$ 10 no pimentão e quase R$ 30 no quilo do alho. O aumento está abusivo”, reclama o consumidor em Queimados. Ele fez questão de mostrar a sua nota fiscal para comprovar a reclamação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito