Bica da Mulata é instalada em novo local de proteção ambiental em Belford Roxo

A revitalização da rotatória da Bayer, em Belford Roxo, está em ritmo acelerado. A Secretaria de Meio Ambiente está realizando um trabalho de paisagismo no local com diversos jardins dando forma a um trevo de quatro folhas. Espécies como Hemigrafis, Clorofito, Clúsia, Pingo de ouro, Ixora amarela, Ixora rosa e Ixora laranja estão sendo plantadas no espaço que, futuramente, será uma das entradas para a Área de Proteção Ambiental. Recentemente, o monumento Bica da Mulata, que antes ficava exposto na Praça Getúlio Vargas, no Centro, foi colocado também na rotatória com um chafariz.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Flávio Gonçalves, a rotatória faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA), que futuramente vai unir as ruínas da Fazenda do Brejo à Fazenda da Boa Esperança através de um corredor verde. “Além disso, por causa do paisagismo e nova iluminação, a revitalização está trazendo também mais segurança para os motoristas que passam pela via”, resumiu Flávio.

História

A Bica da Mulata foi instalada na Praça Getúlio Vargas, no centro da cidade, em 1995.  Mas a escultura é bem mais antiga. Segundo informações de pesquisadores de Belford Roxo, trata-se de uma das 182 esculturas trazidas pelo imperador dom Pedro II da França. Fundido em ferro, no século XIX, com traços renascentistas, o antigo chafariz é uma das principais referências para quem circula por Belford Roxo.  O monumento simboliza uma deusa das águas e marca o início do abastecimento de água potável no município.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito