Avião da Espanha dispara míssil por acidente no espaço aéreo da Estônia; premiê pede explicação à Otan

Um avião militar da Espanha disparou acidentalmente um míssil enquanto voava no espaço aéreo da Estônia, no leste europeu, nesta terça-feira (7). Os dois países fazem parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e, por isso, é normal que militares de ambas as nações façam exercícios militares conjuntos.

Segundo a emissora norte-americana CNN, o avião espanhol que disparou o míssil ar-ar era do modelo Eurofighter Typhoon 2000.

Por causa do incidente, o primeiro-ministro estoniano, Jüri Ratas, telefonou ao secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, para “levar o caso a sério e identificar rapidamente as circunstâncias”. Pelo Facebook, o premiê da Estônia classificou o episódio como “extremamente lamentável” e pediu que cidadãos ligassem para a Força Aérea caso percebessem foguetes no espaço aéreo.

O premiê estoniano, porém, disse que as missões da Otan no espaço aéreo do país são “muito importantes e necessárias para a segurança do país”.

A Estônia, à margem do Mar Báltico, pertenceu à antiga União Soviética. Em 2004, o país passou a integrar a Otan, aliança que se opunha aos soviéticos durante a Guerra Fria. Politicamente, a Estônia — assim como os demais países da organização — rivaliza com a Rússia de Vladimir Putin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *