Assistentes sociais do Segurança Presente fazem diagnóstico de necessidades do bairro de Botafogo

As assistentes sociais da Operação Segurança Presente iniciaram esta semana o levantamento das necessidades em Botafogo, num diagnóstico que antecede a implantação do Botafogo Presente. Além de, em parceria com a Fundação Leão XIII, identificar quais cuidados necessitam as pessoas em situação de rua, as assistentes sociais também estão fazendo levantamento no bairro sobre como é a acessibilidade para cadeirantes, deficientes visuais e pessoas com outros tipos de deficiência , verificando se há equipamentos de lazer para idosos e crianças, entre outras demandas.

Em Botafogo também já foi iniciada a operação volante, com agentes do Aterro Presente fazendo patrulhamento de bicicleta e de moto em locais como a Praia e a Enseada de Botafogo e as ruas São Clemente, Muniz Barreto e Eduardo Guinle. Desde o dia 1 de julho, quando a operação volante começou, foram feitas 372 abordagens, com duas ocorrências: um flagrante de furto e uma captura de fugitivo do sistema penitenciário. Além disso, foram realizadas duas operações de ordenamento urbano em conjunto com a Superintendência da Zona Sul, Comlurb e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, com o acolhimento de quatro pessoas em situação de rua e a retirada de meia tonelada de lixo.

Assessoria da SEGOV

21 2334-3612

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: