Alternativas são testadas para cenário de socorro durante a Bauernfest

Ação conjunta realizada entre as forças de segurança e socorro nesta quarta-feira (13.06) testou caminhos alternativos para a realização de socorro durante os 10 dias de Bauernfest – que ocorre de 22 de junho a 1º de julho. A intenção foi definir estratégias que facilitem acessos de viaturas de resgate em caso de acidentes no período em que a cidade estiver cheia. A expectativa é de público ainda maior do que ano passado, quando 320 mil pessoas passaram pela cidade. A atividade teve início por volta das 18h quando o fluxo de veículos aumenta nos trechos testados para elaborar as estratégias diante de cenários com grande movimento de veículos.

A ação reuniu viaturas e motocicletas da CPTrans, Polícia Militar e Guarda Civil, além de ambulâncias do Corpo de Bombeiros e Samu. O itinerário, saindo do Corpo de Bombeiros, passou pela Barão do Rio Branco – utilizando a contramão a partir da ponte da Moagera, 13 de Maio, Avenida Koeler, Roberto Silveira, 7 de Abril, Montecaseros, Carlos Gomes até a altura do Pronto Socorro e Hospital Santa Teresa (HST). Em outro percurso, o trajeto restando foi até à UPA Centro, passando pela Paulino Afonso, Montecaseros, Roberto Silveira, Barão do Amazonas, Monsenhor Barcelar e Rocha Cardoso. Na volta até o Batalhão, o trecho utilizado foi o da Washington Luiz, Rua do Imperador, Raul de Leoni, Ipiranga e 13 de Maio. Todo o trajeto desde à saída dos veículos ao Batalhão do Corpo de Bombeiros até o seu retorno foi feito em 22 minutos.

“Estamos tomando todo o cuidado para garantir a segurança nos dias da Bauernfest e uma dessas ações e dar acesso para o socorro do Corpo de Bombeiros e Samu. Sabemos que o alto número de veículos na cidade pode acabar comprometendo o trânsito e, com isso, um possível socorro, e nossa ação é exatamente pare evitar que isso ocorra. Testamos as opções com os cenários do horário de pico – o pior possível, com alto fluxo de veículos nas ruas. Com a ação de hoje estamos nos preparando para que, em caso de alguma intercorrência já tenhamos testado às rotas possíveis. Tudo será levado em conta”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

A CPTrans trabalha em um esquema de trânsito ainda mais detalhado para a Bauernfest do que o realizado em 2017 para garantir aos petropolitanos e turistas a mobilidade nos 10 dias do evento. A meta da companhia é tornar o trânsito ainda mais fluído e facilitar o acesso ao transporte do público do evento. O planejamento inclui, além do teste realizado nesta quinta, a melhoria na sinalização do trânsito, alterações e fechamentos de vias, área definida para estacionamento de carros, vans e ônibus, itinerários para entrada e saída de ônibus de turismo na cidade, caminhos alternativos, ônibus extras, dentro outras ações.

“Nos dias da Bauernfest o número de veículos que sobem a Serra tende a deixar o trânsito mais complicado. Por isso estamos trabalhando em ações para minimizar o impacto nas ruas do Centro e as opções para os moradores da cidade é utilizar as rotas alternativas. Tudo o que foi testado hoje será trabalhado e analisado. O trabalho integrado é, sem dúvida, imprescindível para termos uma festa com a garantia de socorro rápido, caso seja necessário”, destaca o diretor técnico operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *