Agora pai, Calegari volta mais maduro ao Fluminense e se põe à disposição também para vaga de Dodi

Do surto de Covid-19 no Fluminense em setembro, Calegari foi o último dos jogadores que vinham sendo titulares quando contraíram a doença a voltar a jogar após a recuperação. A oportunidade demorou, mas apareceu no último domingo, quando o lateral-direito substituiu Igor Julião, vetado pelo departamento médico, na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional no Beira-Rio. Em entrevista ao ge, ele comemorou o retorno após sofrer com o vírus e acredita ter mostrado serviço para Odair Hellmann:

– Tive alguns sintomas. Teve um dia que acabei tendo quase todos de uma vez só, com exceção da falta de ar. Graças a Deus consegui vencer o Covid e está tudo bem. Estou muito feliz por voltar e creio que consegui aproveitar essa oportunidade da melhor maneira possível. Foram quase dois meses sem atuar, então estou contente pela minha atuação e a da equipe também – vibrou o lateral, que retornou em grande estilo e com direito à caneta em Caio.

– (Risos) No primeiro toque na bola dei uma animada ali com o drible, mas o mais importante foi a grande vitória que conquistamos fora de casa contra um adversário muito forte.

Questionado se ficou surpreso por não ter voltado ao time após se recuperar, como aconteceu com outros jogadores, Calegari minimizou a perda de espaço e viu merecimento na permanência de Igor Julião na posição. Mas agora ele se mostrou disposto a recuperar a vaga de titular:

– Temos um elenco de muita qualidade, e a disputa pela titularidade é grande em todas as posições. Igor Julião assumiu quando contraí o Covid e fez ótimas atuações, a permanência foi merecida. Mas estou me empenhando ao máximo nos treinos para aproveitar as oportunidades, com o melhor desempenho possível dentro de campo.

Na lateral ou no meio? Calegari pode voltar a ter sequência como titular — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

A meta é reconquistar um espaço no time, seja na lateral ou no meio de campo. Após o afastamento de Dodi, que está de saída do clube, Calegari foi apontado como um dos possíveis substitutos do volante justamente por fazer uma função muito parecida na base. Perguntado se toparia voltar para o meio ou se prefere seguir na ala, ele se colocou à disposição caso Odair queira testá-lo por dentro:

– Sim, era a mesma função (que fazia) de volante de saída e chegada ao ataque. Eu estou preparado para qualquer desafio. Sendo no meio campo ou na lateral, estarei à disposição e darei o meu melhor para ajudar o Fluminense. Já atuo na lateral direita há algum tempo e me sinto confortável na posição. Temos outros jogadores de muita qualidade para cumprir a função de volante, e isso fica mais para o professor Odair.

Pai de primeira viagem: aos 18 anos, jogador teve Theo, seu primeiro filho — Foto: Divulgação / Instagram

Calegari havia saído do time como um garoto de 18 anos. Agora volta mais maduro como pai. Nesse tempo em que ficou fora da equipe, nasceu Theo, filho do jogador com a sua mulher, Julia. Apesar de não ter sido uma gravidez planejada para 2020, o lateral se mostrou encantado com a experiência e pronto para assumir maiores responsabilidades:

– Está sendo ótima. Foi uma das coisas, ou se não a melhor coisa, que já aconteceu em minha vida. Nosso planejamento não era ter o Theo agora, mas ele desde a gravidez vem sendo uma benção para nós. Minha vida muda no sentindo que tenho que ter muito mais responsabilidade, maturidade e sabedoria para todos os momentos. Mas ele nos ajuda muito também, é uma benção – comemorou Calegari, que já pensa na homenagem quando fizer o seu primeiro gol como profissional:

– Estou ansioso por esse momento. Mas sei que primeiro tenho que cumprir minhas obrigações táticas. Claro que todo jogador sonha em fazer um gol pelo profissional e estou trabalhando para que aconteça. Com certeza terá uma grande homenagem para ele no dia que acontecer.

Após voltar de Porto Alegre na última segunda-feira, o elenco do Fluminense folgou na terça-feira e se reapresenta na tarde desta quarta no CT Carlos Castilho. Em quinto lugar no Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, o time volta a campo só na próxima segunda, quando recebe o Bragantino às 20h (de Brasília), no Maracanã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito