Agentes da Prefeitura de Belford Roxo percorrem ruas e pedem que comerciantes fechem estabelecimentos

Agentes das Secretarias de Segurança Pública e Mobilidade Pública e de Ordem Urbana e Defesa Civil de Belford Roxo estiveram durante toda a segunda-feira (23-03) orientando os comerciantes a fecharem seus estabelecimentos nos diversos bairros da cidade. Mais de 20 agentes estão nas ruas fazendo esse trabalho de conscientização visando o enfrentamento da propagação do coronavírus.

Essa medida é para fiscalizar o descumprimento do novo decreto (nº 4.863) onde a Prefeitura informa sobre o funcionamento de estabelecimentos comerciais diante do estado de calamidade pública no município. O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, decidiu que, pelo prazo de 15 dias, a contar do dia 23 de março até o dia 6 de abril, os seguintes estabelecimentos devem paralisar suas atividades: comércio em geral; escolas; cursos e outras instituições de ensino; casas de festas; casas noturnas; academias e estúdios em geral; salões de beleza, barbeiro, salões de manicure e estabelecimentos congêneres; imobiliárias; agências de turismo e praças públicas.

“Se os agentes encontram estabelecimentos abertos, identificam o proprietário para explicar sobre o decreto municipal com a necessidade do fechamento de alguns tipos de comércios. Caso resistam, contamos com o apoio da Polícia Militar”, explicou o secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, João Sant’Anna. O prefeito Waguinho ainda reforçou as recomendações para o atual cenário. “Evitem aglomerações e redobrem o cuidado com a higiene. Não saiam de casa sem real necessidade. Precisamos ser conscientes, responsáveis e solidários”, resumiu o prefeito.

O decreto estabelece a paralisação de restaurantes, lanchonetes, boates, bares, trailers, barracas de lanches e estabelecimentos congêneres, podendo funcionar apenas na modalidade delivery. Estabelecimentos como mercados, supermercados e mercearias; farmácias; estabelecimentos de saúde, médicos e hospitalares; laboratórios; postos de combustíveis; hortifrútis; açougues; peixarias; padarias; distribuidoras de gás; bancos; correios; clínicas veterinárias; funerárias; pet shop, são os únicos com autorização para funcionar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito