1° Prêmio Rio de Contos busca novos talentos literários

A Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro (Funarj) e a LER – Salão Carioca do Livro lançam, nesta quinta-feira (5/11), o 1° Prêmio Rio de Contos, para incentivar novos escritores, e o Caleidoscópio da Cultura 2020, série de espetáculos teatrais que tem o livro em suas temáticas. O evento, que acontecerá na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, Zona Sul do Rio, contará com palestra musical do rapper, compositor e escritor Gabriel O Pensador, baseada nos livros ‘O Diário Noturno’ e ‘Um ‘Garoto Chamado Roberto’.

O Prêmio Rio de Contos, idealizado pela escritora Bárbara Caldas, busca revelar e contribuir na formação de novos talentos literários espalhados e desconhecidos no Estado do Rio de Janeiro. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta pelo site www.lersalaocarioca.com.br.

– Enquanto eu trabalhei com formação de leitores, era recorrente encontrar pessoas que me falavam que queriam ser escritores, mas não achavam que fosse um sonho possível. É preciso aproveitar esses sonhos e investir nessas pessoas – ressalta Bárbara.

O objetivo do Prêmio Rio de Contos é dar um primeiro passo para o desenvolvimento de um mercado cultural autossustentável no estado. A idealizadora do projeto acredita no potencial do Rio de Janeiro para desenvolver escritores, aproveitando-os nas escolas, lendo, discutindo e debatendo seus trabalhos no âmbito educacional.

Um corpo de seis jurados atuantes no universo literário brasileiro vai selecionar 20 textos que apontem para potenciais talentos. Os escolhidos serão contemplados com um pacote com aula magna de língua portuguesa, minicursos de criação literária e literatura contemporânea em língua portuguesa e a publicação de seus trabalhos no livro ‘Rio de Contos’.

– Neste ano, a Funarj reforça e amplia sua parceria com a LER, expandindo o alcance do Caleidoscópio de Cultura e lançando o concurso literário. Assim, não apenas amplificamos nossa participação neste importante projeto de troca de conhecimentos e popularização de atividades multiculturais, como também abrimos espaço para novos autores, numa iniciativa inédita na história da fundação – destaca José Roberto Gifford, presidente da Funarj.

Caleidoscópio da Cultura 2020

A oportunidade do acesso a atividades culturais de qualidade, gratuitas e a descentralização cultural são os pilares do Caleidoscópio da Cultura 2020. Neste ano, o projeto apresentará quatro montagens de espetáculos teatrais de dramaturgia a partir de textos literários nacionais. As peças terão público limitado a um terço da capacidade dos teatros e poderão ser assistidas virtualmente por meio da plataforma ‘Funarj em Casa’.

– O Caleidoscópio da Cultura e o Prêmio Rio de Contas foram especialmente pensados para o momento atual de grande necessidade de fomento ao setor de economia criativa e reabertura gradual dos equipamentos culturais – afirmou Luciana Potsch, diretora do LER – Salão Carioca do Livro.

As obras serão encenadas nos equipamentos culturais da rede Funarj:

– Teatro Glaucio Gill, em Copacabana:

Espetáculo teatral ‘Onde Moram os Livros?’

Dias 21 e 22 de novembro

– Teatro Mário Lago, em Vila Kennedy:

Espetáculo teatral ‘Brincantes do Brasil’, adaptado do livro ‘Brincantes – ô abre a roda’, de Daniela Chindler

Dias 27 e 28 de novembro

– Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes:

Espetáculo teatral ‘As Bibliotecas do Mundo’

Dias 5 e 6 de dezembro

– Teatro Arthur Azevedo, em Campo Grande:

Espetáculo teatral ‘Era Uma Vez…’

Dias 12 e 13 de dezembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito